Valdira Ueno | Dê aos seus filhos o melhor presente: a Língua Portuguesa

A professora Valdira Bueno apresentará no PUBTechSF@Berkeley 2017 o projeto do IBEC   – sua idealização e fundação, sua função social e impacto na comunidade.

O PUBTechSF@Berkeley 2017 acontecerá no dia 13 de setembro na UC Berkeley, e as inscrições já estão abertas aqui.


Valdira Ueno é professora e pedagoga formada pela Universidade Santa Úrsula (Rio de Janeiro) e Centro Universitário UNISEB (Ribeirão Preto), cofundadora, diretora geral e coordenadora pedagógica do IBEC, Instituto Brasil de Educação e Cultura. Com mais de trinta anos de experiência no ensino de línguas e coordenação pedagógica, usa seus conhecimentos na tarefa de despertar o interesse e o amor de seus alunos para a língua portuguesa e a cultura brasileira. Sob sua direção, as atividades do IBEC visam ao letramento, em aulas cuidadosamente planejadas para motivá-los mais e mais enquanto adquirem proficiência em português. Em suas próprias palavras: “Trabalhamos com as famílias para que essas crianças aprofundem seus conhecimentos linguísticos e valorizem igualmente tanto a cultura em que estão inseridos quanto a cultura brasileira. Isso os ajudará em todas as áreas das suas vidas, inclusive a ter mais tolerância com o outro. ”

Gustavo Manso | PUBTechSF@Berkeley 2017

O Prof. Gustavo Manso será um dos palestrantes no PUBTechSF@Berkeley 2107, que acontecerá no dia 13 de setembro de 2017.

O tema da palestra será “Motivando Inovação”.

Para participar, inscreva-se aqui!

Gustavo Manso é Professor na Haas School of Business, University of California at Berkeley. Ele obteve o Ph.D. em finanças na Stanford Graduate School of Business. Sua pesquisa é nas áreas de finanças corporativas, empreendedorismo, e inovação e foi publicada extensamente em jornais de primeira linha como American Economic Review, Econometrica, Journal of Finance, Journal of Financial Economics, e Review of Finance Studies.

Em Berkeley-Haas, Manso ensina “Corporate Finance,” uma eletiva do MBA. Em 2012, ele recebeu a Earl F. Cheit Award for Excelence in Teaching. Antes de Berkeley-Haas, Manso ensinou na MIT Sloan School of Management.

Paulo Monteiro | PUBTechSF@Berkeley 2017

O Prof. Paulo J.M. Monteiro, do Departamento de Engenharia Civil e de Meio Ambiente na Universidade da Califórnia em Berkeley será um dos palestrante no PUBTechSF@Berkeley 2017, que acontecerá no dia 13 de setembro de 2017 a partir de 6 pm no BIDS, UC Berkeley.

Para participar, inscreva-se aqui!

 

Visualização de materiais em alta resolução: da tomografia à nanotomografia

O nosso grupo de pesquisa tem utilizado o síncrotron para caracterizar e otimizar a micro e nano-estrutura de materiais de construção. Como a nossa missão mais recente é reduzir o impacto ambiental do concreto, esse material será enfatizado. Discutiremos como as imagens tomográficas tridimensionais têm dado um novo entendimento da estrutura complexa existente nos materiais compósitos e como esse entendimento pode ser utilizado para melhorar o desempenho quando utilizados em estruturas. A apresentação também irá descrever os novos avanços para obter imagens com raios-X tendo resolução espacial de 1 nm.

Paulo Monteiro é o Roy W. Carlson Distinguished Professor no Departamento de Engenharia Civil e de Meio Ambiente na U.C. Berkeley. Ele publicou mais de 250 artigos indexados e é o co-autor de um livro texto sobre concreto que é usado internacionalmente e foi traduzido para o japonês, português, chinês, grego, espanhol e persa. Pela sua pesquisa recebeu os seguintes prêmios: Premio Ari Torres, Brunauer Award (2 veze) e Wason Medal for Materials Research.

 

Save the Date | PUBTechSF@Berkeley 2017

Marque seu calendário!

A próxima edição do PUBTechSF acontecerá em Berkeley, no dia 13 de setembro de 2017.

E como sempre, teremos um happy hour PUB no pub, no dia 31 de agosto, no Beta Lounge, em Berkeley.

Confira a programação e reserve seu lugar!

PUB no pub no dia 31 de agosto
Happy hour a partir de 7 pm
Local:
 Beta Lounge
2129 Durant Ave Berkeley CA 94704
RSVP aqui

PUBTechSF@Berkeley no dia 13 de setembro
Local: BIDS, UC Berkeley
Para reservar seu lugar no PUBTechSF: https://pubtechsf-berkeley-2017.eventbrite.com

 

Save the Date | PUBTechSF @Berkeley2017

Pablo Damasceno | PUBTechSF@SF 2017

O que sabem as abelhas?

A fabricação de estruturas artificiais complexas – seja a de uma aeronave, robô, ou microchip – geralmente depende da manipulação cuidadosa de cada uma das peças constituintes do sistema, de modo a arranjá-los no padrão desejado. Esse modo de fabricação top-down, apesar de muito útil para a construção de materiais macroscópicos, é incompatível com a fabricação de estruturas na escala nanométrica, na qual a manipulação individual de componentes se torna inviável. Inspirado pela forma como auto-organização acontece na natureza, essa palestra discutirá como DNA pode ser usado como tijolos para a criação de ferramentas de precisão atômica, contribuindo para uma iminente revolução nos campos de microscopia, medicina e engenharia de materiais.

Pablo é graduado em Física (2005) pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), e PhD em Física Aplicada pela Universidade de Michigan (2009). Atualmente é pós-doutorando na Universidade Califórnia em São Francisco estudando como usar DNA para criação de ferramentas na escala nanométrica. Seus interesses abrangem as áreas de sistemas complexos, termodinâmica e processos de auto-montagem em sistemas naturais e artificiais.

 

PUBTechSF @SF: dia 25 de maio de 2017 em SF

Não perca a 11a. edição do PUBTechSF, de volta a SF, será na sede do DocuSign no dia 25 de maio de 2017.

Confira a programação imperdível!

Inscrições em: https://pubtechsf-sf-2017.eventbrite.com

Daniela Thomazella, UC Berkeley
Biotecnologia: expandindo as possibilidades para o melhoramento de plantas

Pablo Damasceno, UCSF
O que sabem as abelhas? Meandros sobre a ciência da auto-montagem

Bárbara Born e Paula Louzano, Stanford
PED BRASIL: novas formas de formar professores no Brasil

 

Daniela Thomazella | PUBTechSF@SF 2017

A Daniela Thomazella é cientista e pós-doutoranda na UC Berkeley e será uma palestrante no PUBTechSF@SF 2017. O título da palestra da Daniela é “Biotecnologia: expandindo as possibilidades para o melhoramento de plantas”.

O PUBTechSF@SF2017 acontecerá no dia 25 de maio de 2017 em San Francisco.

Reserve seu lugar: https://pubtechsf-sf-2017.eventbrite.com

 

Biotecnologia: expandindo as possibilidades para o melhoramento de plantas
Microorganismos patogênicos ocasionam sérias perdas de produção em culturas de todo o mundo e podem ser considerados um dos problemas mais desafiadores da agricultura. O desenvolvimento de resistência a doenças baseado nos métodos clássicos de melhoramento de plantas através de cruzamentos é muitas vezes laborioso e pouco eficiente, dificultando assim, o melhoramento eficiente de muitas culturas agrícolas. Os avanços recentes da biotecnologia, em particular, o desenvolvimento de uma nova ferramenta para edição de genomas denominada CRISPR/Cas9, trouxeram alternativas aos métodos clássicos de melhoramento e têm o potencial de permitir uma produção suficiente e sustentável de alimentos. Meu trabalho de pós-doutorado tem como objetivo o desenvolvimento de resistência a doenças em importantes culturas agrícolas, como o tomate, o cacau e a mandioca. Nesta palestra, eu apresentarei os resultados obtidos na cultura do tomate. Nós utilizamos a tecnologia CRISPR/Cas9 para realizar pequenas alterações em regiões genômicas do tomate associadas à resistência a doenças e, em um período de apenas quatro meses, obtivemos plantas que apresentam amplo espectro de resistência a patógenos economicamente importantes, incluindo diferentes espécies de bactérias e fungos. No momento, estamos realizando caracterizações a nível molecular e metabólico destas variedades resistentes de tomate, e também avaliando a performance e resistência das variedades em campos experimentais na Flórida.

Daniela possui graduação em Ciências Biológicas (2005) e Doutorado em Genética e Biologia Molecular (2010) pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Atualmente, é Pew Latin American Fellow e realiza seu pós-doutorado na Universidade da Califórnia em Berkeley, junto ao grupo do Dr. Brian Staskawicz. Seu projeto de pesquisa envolve a caracterização e desenvolvimento de mecanismos de resistência a doenças em plantas de interesse agrícola, com enfoque nas culturas do tomate, cacau e mandioca.

Stephano Mello | PUBTechSF@Stanford 2017

O Stephano Mello é cientista na Stanford e será um palestrante no PUBTechSF@Stanford 2017. O título da palestra do Stephano é “Estudo do câncer na era genômica: desvendando os mistérios do gene p53”.

O PUBTechSF@Stanford 2017 será no dia 15 de março, no CERAS em Stanford.

Para reservar seu lugar, inscreva-se aqui!

Stephano Mello é cientista do Departamento de Radiação Oncológica da Universidade de Stanford desde 2010. Stephano obteve o seu Mestrado e Doutorado em Genética pela Universidade de São Paulo, onde ele estudou os efeitos de doses baixas de radiação ionizante em células humanas in vitro e em profissionais da saúde expostos à radiação. Nos últimos anos, Stephano tem utilizado uma variedade de técnicas genômicas para entender o papel do gene supressor de tumor p53 no desenvolvimento de câncer, gerando informação diretamente relevante para o desenvolvimento de novas estratégias para a detecção e tratamento do câncer.

 

Estudo do câncer na era genômica: desvendando os mistérios do gene p53
A genômica revolucionou a medicina moderna e a maneira como entendemos e tratamos câncer. Com o uso de novas ferramentas, estamos finalmente desvendando os segredos de um notável gene chamado p53. Conhecido como o “guardião do genoma”, sua função é nos proteger do câncer, evitando que erros se propaguem e ameacem a homeostase celular. O desenvolvimento do câncer raramente ocorre sem que existam mutações em p53, fato que demonstra a importância desse gene na supressão tumoral. Ao entrarmos na era do tratamento personalizado, p53 se encontra na vanguarda da terapia do câncer e o entendimento de sua função e dos mecanismos controlados por ele é essencial para o desenvolvimento de novas estratégias terapêuticas.

Luciano Meira | PUBTechSF@ Stanford 2017

O PUBTechSF@Stanford 2017 acontecerá no dia 15 de março, no CERAS, em Stanford.

Nesse encontro, Luciano apresentará a palestra “Práticas inovadoras nos sistemas públicos de ensino no Brasil” – sua experiência como professor, pesquisador e empreendedor em inovação educacional no Brasil. Mais especificamente, Luciano falará sobre os ambientes de aprendizagem baseados em jogos digitais que ele tem ajudado a desenvolver na Joy Street (www.joystreet.com.br), uma empresa que co-fundou e onde atua como chefe de ciência e inovação.

Para reservar seu lugar, inscreva-se aqui!
Luciano Meira é Ph.D. em educação matemática pela University of California at Berkeley, mestre em psicologia cognitiva e bacharel em pedagogia. Atua como professor de psicologia na Universidade Federal de Pernambuco, no Mestrado em Design de Artefatos Digitais do C.E.S.A.R (Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife), bolsista de pesquisa em Desenvolvimento Tecnológico e Extensão Inovadora do CNPq e Coordenador de Ciência e Inovação da Joy Street, uma empresa de tecnologias educacionais lúdicas da qual é co-fundador no Porto Digital (Recife). Atualmente, Luciano também é professor visitante do Lemann Center de Empreendedorismo Educacional e Inovação, Stanford University.