Luiz Fernando Ferrari | PUBTechSF @UCSF 2016

Luiz Fernando Ferrari

Luiz Fernando Ferrari será um dos palestrantes no PUBTechSF@UCSF 2016. O título da sua palestra é “Diferenças Sexuais e Dores Crônicas: a Ciência Experimental Confirmando a Vida Real”.

O PUBTechSF @UCSF2016 será no dia 16 de junho, na UCSF Mission Bay.

Para reservar seu lugar, inscreva-se aqui!

 


 

Biografia resumida:

Graduei-me em Odontologia pela Faculdade de Odontologia de Bauru – USP, turma de 1996, em seguida me especializando em Cirurgia Maxilofacial e Ortodontia Preventiva. Em 2002, a necessidade de entender melhor as dores inflamatórias e crônicas, assim como as estratégias terapêuticas usadas em seus tratamentos, me levaram a trabalhar com o Professor Sérgio Henrique Ferreira, no Departamento de Farmacologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto – USP. Lá fiz meus Mestrado e Doutorado, estabelecendo uma sólida linha de pesquisa, com a colaboração de vários pesquisadores e instituições, sobre os mecanismos moleculares associados à sensibilização dolorosa de neurônios periféricos. Em 2004, minha experiência clínica no tratamento de dores orofaciais e minha pesquisa em andamento me renderam o convite para trabalhar como Professor das disciplinas de Neurofisiologia da Dor e Farmacologia/Terapêutica na Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto – USP, dando aulas na Pós-Graduação, na clínica e especialização. Em 2008, logo após começar meu Pós-Doutorado, ainda em Ribeirão Preto, recebi a proposta para vir aos EUA, trabalhar com o Professor Jon Levine, na Universidade da Califórnia em San Francisco, UCSF, como colaborador em sua pesquisa sobre os mecanismos celulares e moleculares envolvidos na transição da dor aguda para crônica, associados ao sistema nervoso periférico. Nossa linha de pesquisa atual investiga os processos ligados ao desenvolvimento da memória dolorosa neuronal resultante de inflamações, situações de stress, ou como efeito colateral do uso de medicamentos como opióides. Além disso, observações recentes nos levaram à investigação das diferenças entre os sexos na susceptibilidade ao desenvolvimento de dores crônicas, o que tem nos mostrado interessantes dados sobre o impacto do dimorfismo sexual na neurofisiologia da dor.

David McGrath | PUBTechSF@UCSF 2016

David McGrath será um dos palestrantes no PUBTechSF@UCSF 2016. O título da sua palestra é “Usando parcerias com empresas, universidades, ONGs locais e internet para criar condições para o manejo sustentável da terra e o uso responsável dos recursos naturais por pequenos agricultores e pescadores na Amazônia brasileira”.

O PUBTechSF @UCSF2016 será no dia 16 de junho, na UCSF Mission Bay.

Para reservar seu lugar, inscreva-se aqui!

David McGrath

David é vice Diretor e Cientista Sênior do Earth Innovation Institute em São Francisco. Ele trabalha há mais de trinta anos na ecologia política do desenvolvimento e conservação da Amazônia e especificamente na ocupação, uso da terra e manejo de recursos naturais de pequenos produtores e comunidades tradicionais. Dentro dessa ampla área, seu trabalho de campo tem se concentrado nos movimentos socioambientais, o manejo comunitário da pesca na várzea e florestas de terra firme e na integração dessas iniciativas nas políticas e arranjos institucionais formais para o co-manejo dos recursos naturais. David foi também professor no Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (NAEA) da Universidade Federal do Pará e desde 2012 é professor do Programa de Pós-Graduação Sociedade, Natureza e Desenvolvimento da Universidade Federal do Oeste do Pará, em Santarém, Pará, onde ele ministra disciplinas na ecologia do desenvolvimento e conservação da Amazônia.

Ricardo H. Castro | PUBTechSF@UCSF 2016

Ricardo Castro será um dos palestrantes no PUBTechSF@UCSF 2016. O título da sua palestra é “Ciência dos Superheróis e seus Materiais Extraordinários“.

O PUBTechSF @UCSF2016 será no dia 16 de junho, na UCSF Mission Bay.

Para reservar seu lugar, inscreva-se aqui!

Ricardo Castro

Ricardo Castro is an associate professor in the Department of Materials Sciences & Engineering at University of California, Davis. He joined UC Davis in 2009 and is the lead of the Nanoceramics Thermochemistry Laboratory, a lab dedicated to provide fundamental understanding, using experimental thermodynamics, of ceramic nanomaterials and their behavior under processing conditions and operation at extreme environments, such as high temperatures and radiation. Castro has a PhD in Metallurgical and Materials Engineering from the University of São Paulo, Brazil, and a Bachelor in Molecular Sciences from the same University. He has published over 60 scientific articles and has several outreach programs in course. He is the president of the National Institute of Ceramic Engineering, a member of the American Ceramic Society and Materials Research Society; and the creator of the Materials Magic Show and the Engineering Superheroes Program at UC Davis. Prior to joining Davis, Castro was a professor at FEI (Fundação Educacional Inaciana Pe. Saboia de Medeiros), a catholic university in São Bernardo do Campo, Brazil. FEI is an engineering school responsible for educating engineers for the biggest automotive complex in Latin America.

Castro has been awarded the Department of Energy Early Career Program award and the National Science Foundation Career Award, two of the most competitive awards for young researchers, both in 2011. He was also awarded the 2011 Society of Hispanic Professional Engineering Young Investigator Award, and the 2012 Outstanding Junior Faculty Award by the UC Davis College of Engineering. More recently, Castro was honored as 2013-2014 UC Davis Chancellor’s Fellow, the 2014 Robert L. Coble Award for Young Scholars by the American Ceramic Society; the 2015 Global Young Investigator Award by the Engineering Ceramic Division, and the 2015 Stig Sunner Memorial Award by the Calorimetry Conference.


 

 

 

PUBTechSF @UCSF 2016, no dia 16 de junho

Confira a programação do próximo encontro do PUBTechSF, na UCSF Mission Bay, em SF. Dia 16 de junho de 2016, a partir de 6 pm.

Reserve seu lugar: https://pubtechsf-ucsf2016.eventbrite.com

Convite | PUBTech @UCSF Meetup 2016

 

Programa:

6:00 pm Chegada e inscrições

6.30 pm Boas vindas

6:35 pm Talks

Luiz Fernando Ferrari, UCSF
Diferenças Sexuais e Dores Crônicas: a Ciência Experimental Confirmando a Vida Real

Ricardo H. Castro, UC Davis
Ciência dos Superheróis e seus Materiais Extraordinários

7:15 pm Sustentabilidade e impacto social

David McGrath, Earth Innovation Institute e UFOPA
Usando parcerias com empresas, universidades, ONGs locais e internet para criar condições para o manejo sustentável da terra e uso responsável dos recursos naturais por pequenos agricultores e pescadores na Amazônia brasileira

7:35 pm Coquetel e networking

Dani Ushizima | PUBTechSF@Stanford 2016

A próxima edição do PUBTechSF acontecerá no dia 2 de março de 2016, no CERAS, Stanford University.

Para participar inscreva-se aqui.

A palestra da Dani Ushizima no PUBTechSF@Stanford será: Desvendando informação de imagens científicas

 

 

Dani Ushizima is Head Deputy of the Data Analytics and Visualization Group, and a Staff Scientist at the Computational Research Division at the Lawrence Berkeley National Lab (LBNL). Dani received her Ph.D. in Computational Physics from the University of Sao Paulo, Brazil, in 2004, after internship in the Department of Electrical and Computer Engineering at the University of California, Santa Barbara, USA. She leads research on image recognition and scientific analysis and serves the LBNL since 2007. She holds an appointment as a BIDS Data Scientist at the University of California, Berkeley, CA. Her research interests include pattern recognition and machine learning, applied to diverse scientific domains, such as health and energy, in collaboration with academia and industry. She is the recipient of the 2015 U.S. Department of Energy (DOE) Early Career Award, and a co-PI in machine vision for the DOE Center for Advanced Mathematics for Energy Related Applications. She is also recipient of the Science Without Borders award, granted by the Brazilian government, to foster development of the Sistema Unico de Saude (SUS) data analysis.

PUBTechSF @Stanford, no dia 2 de março de 2016

Confira a programação do PUBTechSF@Stanford 2016.

Para participar, inscreva-se aqui.

Convite | PUBTech @Stanford Meetup 2016

Programa:

6:00 pm Chegada e inscrições
6.30 pm Boas vindas 
6:35 pm Talks

                 Eliver Ghosn, Stanford
                 FACS sorting: da Criação da Biotecnologia ao Transplante de Células Tronco

                Daniela Ushizima, Lawrence Berkeley National Laboratory
                Desvendando informações de imagens científicas

 7:15 pm Educação e impacto social

                Ulisses Araújo, EACH-USP, Stanford
                Estratégias de Design Thinking e a articulação entre
                Universidade e comunidades na formação profissional

7:35 pm Coquetel e networking

Ulisses Araújo | PUBTechSF@Stanford 2016

A próxima edição do PUBTechSF acontecerá no dia 2 de março de 2016, no CERAS, Stanford University.

Para participar inscreva-se aqui.

Estratégias de Design Thinking e a articulação entre Universidade e comunidades na formação profissional
Serão apresentadas experiências de incorporação das estratégias de Design Thinking (DT) e Aprendizagem Baseada em Problemas e por Projetos (ABPP) na formação profissional de alunos de graduação de vários cursos da Universidade de São Paulo e da Universidade Virtual do Estado de São Paulo. Tais experiências tem como foco uma organização curricular que promove a articulação da universidade com a comunidade local, onde e para quem são elaborados problemas e buscadas soluções sustentadas no tripé desejo/viabilidade/praticidade. Essas experiências visam o desenvolvimento da criatividade, da inovação e, principalmente, da formação de uma cultura diferente nos profissionais sendo formados.

Foto Ulisses NYC

Professor Titular da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (USP Leste), é Presidente da PANPBL – PanAmerican Network for Problem-Based Learning: an Active Learning Methods Association; e Coordenador Científico do Núcleo de Pesquisas em Novas Arquiteturas Pedagógicas da Universidade de São Paulo. Atualmente é Visiting Scholar na Stanford Graduate School of Education.

Seus projetos visam a inovação na educação básica e superior por meio da articulação entre metodologias ativas de aprendizagem e tecnologias educacionais que facilitem a ampliação do acesso a uma educação de qualidade. Mais informações sobre projetos, seus 8 livros publicados no Brasil e acesso a outras publicações estão disponíveis em http://www.each.uspnet.usp.br/uliarau/.

Eliver Ghosn | PUBTechSF@Stanford 2016

Eliver Ghosn é Cientista Pesquisador do Departamento de Genética e do Programa de Imunologia da Universidade de Stanford desde 2005. Eliver obteve seu Mestrado em interações hospedeiro-patógeno na USP, e realizou o Doutorado em um programa entre USP e Stanford para estudar o desenvolvimento e função de linhagens imunes primitivas. Nos últimos anos, em colaboração com a Universidade de Tóquio (Japão), Eliver vem estudando o potencial do transplante de células tronco hematopoiéticas para a regeneração do sistema imune primitivo.

A próxima edição do PUBTechSF acontecerá no dia 2 de março de 2016, no CERAS, em Stanford.

Para participar inscreva-se aqui.

O título da palestra do Eliver é “FACS sorting: da Criação da Biotecnologia ao Transplante de Células Tronco”.

EliverGhosn

Eliver Ghosn is a Research Scientist in the Department of Genetics and the Immunology Program at Stanford University, where he has been a fellow since 2005. Eliver applies high-dimensional flow cytometry technology (18-parameter Hi-D FACS) as a systems immunology approach to study the development and function of the primitive immune system. The primitive immune system includes innate-like lymphocytes (e.g., B-1a) that develop early in embryonic life (first wave of immune development) and persist throughout adulthood. Eliver completed his Master degree in host-pathogen interactions at the University of São Paulo (USP) in Brazil. He subsequently has been awarded a fellowship to complete his Ph.D. through a joint program between USP and Stanford to study the development and function of primitive immune lineages, such as B-1 lymphocytes. In recent years, in collaboration with University of Tokyo (Japan), Eliver has been studying the potential of hematopoietic stem cell transplantation to regenerate the primitive immune system. Eliver has served in several symposium committees, including the organization (co-chair of scientific committee) of the Merinoff World Congress on B-1 cells held in 2014 in New York.

PUB no pub edição @Stanford 2016

A próxima edição do PUBTechSF será em Stanford no dia 2 de março de 2016. O programa será divulgado em breve!

Enquanto isso, participe do PUB no pub, que desta vez será um happy hour no dia 18 de fevereiro, no The Patio em Palo Alto, CA (http://www.thepatiopa.com). Até às 7 PM, preços especiais de happy hour do The Patio.

Esta é uma excelente oportunidade para saber mais sobre o PUB, encontrar e reencontrar a comunidade do PUBTechSF e/ou participar da organização de reuniões futuras, participe!

18 de fevereiro de 2016,
6 PM
no The Patio
412 Emerson Street, Palo Alto, CA 94301

Confirme sua presença no PUB no pub: http://goo.gl/forms/UVOeJkn0hp

Save the Date | PUBTech@Stanford 2016

Luiz Marcio Spinosa | PUBTechSF @UCSF

Marcio Spinosa é pesquisador visitante na Haas School of Business da University of California Berkeley e professor titular e pesquisador na Pontifícia Universidade Católica do Paraná. Com atuação nas áreas de ecossistemas de inovação, desenvolvimento baseado em conhecimento e representação do conhecimento, Marcio é um dos palestrantes convidados do PUBTechSF @UCSF!

A próxima edição do PUBTechSF acontecerá no dia 3 de dezembro de 2015, no campus da UCSF em Mission Bay.

Para participar inscreva-se aqui.

 

Ecossistemas de Inovação – Lições para o Brasil

Os Ecossistemas de Inovação têm sido apontados como uma das mais importantes opções estratégicas de desenvolvimento sócioeconômico para cidades, regiões e países. Eles podem ser considerados como ativos de competitividade na economia do conhecimento e da inovação. Alguns exemplos são o Vale do Silício e a região de Austin nos EUA, One-North em Cingapura, região de Munique na Alemanha, 22@Barcelona e o Quartier de l’Innovation em Montreal.

Assim como vários outros países, o Brasil busca acompanhar o movimento de inserção na economia do conhecimento. Políticas públicas e criação de Instrumentos têm emergido ao longo dos anos de forma a conduzir os esforços nacionais para a promoção da inovação. O principal desafio está em identificar elementos constitutivos necessários a criação, ao desenvolvimento e a consolidação dos ecossistemas urbanos e/ou regionais, abertos, que atraiam talentos, catalisem start-ups (empresas nascentes) e promovam atividades empresariais e colaborativas, considerando as características atuais e futuras dos contextos cultural e institucional brasileiros.

A apresentação buscará contextualizar o cenário acima e principalmente relatar recomendações feitas ao Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação do Brasil.

Luiz Marcio Spinosa

 

Pesquisador visitante na Haas School of Business da University of California Berkeley, professor titular e pesquisador na Pontifícia Universidade Católica do Paraná.  Atua desde 2000 nas áreas de “ecossistemas de inovação”, “desenvolvimento baseado em conhecimento” e “representação do conhecimento”.

Com mais de uma centena de artigos e trabalhos técnicos publicados, suas pesquisas têm sido reconhecidas através de prêmios como Academic honor in B.S. Computer Science, Special Training Program of Graduate Fellowship, Master in Science Fellowship, Doctorate Fellowship, ESPRIT Program Fellowship and Industrial Training National Service Visiting Researcher.

Empreendedor da área tecnológica, é fundador da KnowIn (Associação de Agentes da Inovação e do Conhecimento). Trabalhou em várias organizações privadas e públicas, nas quais ocupou cargos como Diretor de Agência de Inovação, Diretor de Parque Tecnológico, Diretor de Integração e Planejamento, Diretor de Instituto de Ciência e de Tecnologia, Presidente da Rede Brasil-Japão em TIC. Doutor e Mestre pela Université d’Aix-Marseille III (FR), ambos na árae de inteligência artificial e representação do conhecimento. Mestre em Engenharia Mecânica e Bacharel em Ciência da Computação pelaq UFSC. Especializado em Gestão da Inovação pela University of Texas (US) e Simon Fraiser University (CAN).